☰ Menu

Dias de Sol - Blog sobre beleza, proteção solar, livros e outras coisinhas do universo feminino.

  • Testei: Spotner Caneta Clareadora da Pele, da MIP Brasil Farma

Testei: Spotner Caneta Clareadora da Pele, da MIP Brasil Farma

Oi, pessoal!

Quando falo sobre manchas aqui no blog, geralmente falo sobre melasma, que é o que maaaaaaais me incomoda quando o assunto é pele. Porém, nosso rosto e colo podem ser alvos de outros tipos de problemas de hiperpigmentação, causados por exemplo por cicatrizes de acne, ou pela exposição prolongada ao sol sem a devida fotoproteção, sem que tais manchas sejam especificamente um melasma teimoso. A Netfarma me enviou para testar a Spotner Caneta Clareadora da Pele, da MIP Brasil Farma, e ela é extremamente indicada justamente para esse tipo de manchas que eu mencionei: pequenas e redondinhas, como as causadas pelo espreme-espreme de espinhas.

Spotner

O que diz o fabricante

A Spotner é uma caneta que promete auxiliar no clareamento da pele por meio de uma aplicação precisa do produto, trazendo resultados rápidos e visíveis, melhorando a aparência da pele afetada pela exposição ao sol e idade. Contém FPS 50. Sua fórmula, dentre outros ativos, é composta por extratos botânicos e alpha arbutin (em concentração não informada pelo fabricante).

Spotner-MIP

A caneta Spotner é vendida em duas versões: uma para as áreas do rosto e colo, e outra para a região das mãos e corpo. Segundo o que entendi, o que muda nas duas versões é apenas o tipo de aplicador. A caneta traz 2 ml de produto, e segundo a MIP, rende até 200 aplicações.

Como funciona

A Spotner é uma especie de caneta mesmo, com uma ponta fina por onde sai o creme clareador. Na primeira aplicação, é preciso girar a base da embalagem umas dez ou doze vezes, até que o produto “apareça”. Nos usos seguintes, o produto sai da caneta com mais facilidade. Deve-se aplicar o produto somente nas áreas de pele manchada, encostando a pontinha da caneta exatamente onde for necessário. Aí, espera-se o produto secar, para poder aplicar outros cosméticos por cima. Recomenda-se o uso duas vezes por dia, e os resultados podem ser percebidos a partir da segunda semana de uso.

Spotner-clareador

Como eu usei e o que eu achei

Quem lê o blog com frequência já está cansado de saber que eu tento evitar ao máximo usar clareadores da pele durante o dia. Por menor que seja o risco de sensibilização da pele, eu prefiro usar os despigmentantes apenas à noite, e tem funcionado bem assim. Logo, testei a Spotner utilizando-a apenas antes de dormir. O período de testes com a caneta ocorreu antes que eu começasse a testar aqueles clareadores que resenhei aqui, pois senão seria uma overdose de alpha-arbutin.

clareador-spotner

Usei em algumas marcas de espinhas que tenho nas bochechas, que não me incomodam profundamente, mas sempre que me olho no espelho desejo que elas não estivessem manchando minha pele. Lavava o rosto, e utilizava um pontinho de produto em cada marquinha de acne. E embora não seja indicado para essa região, usei em uma cicatriz em formato de bolinha que tenho no antebraço direito. O produto é branco, deixa a pele com uma textura brilhante nos pontos em que foi aplicado, e não é completamente absorvido pela pele. É como se formasse uma película sobre a região em que foi aplicado, mas isso não atrapalha o uso de outros produtos, desde que se aplique a Spotner sem exageros, apenas o suficiente para cobrir a região manchada.

É curioso como, mesmo eu usando clareadores por meses e meses por conta do melasma, algumas manchas de espinhas não cedem de jeito nenhum. Não sei bem a “sistemática” das manchas de acne, mas tenho a impressão que a pigmentação deve estar em uma camada mais profunda da pele, e devem ser manchas mais antigas que o melasma, que eu só notei que existiam depois que o tom geral da minha pele clareou por causa da fotoproteção pesada. Vou perguntar para a dermato quando eu for passar com ela.

Mas enfim, divagações à parte, vamos à minha opinião sobre a Spotner. Em algumas manchinhas de acne, ela clareou de leve a cor da pele. E em outras marquinhas ela não fez nem cócegas. As manchas que já eram mais clarinhas, tiveram seu diâmetro diminuído, e clarearam de maneira sutil, nas 3 semanas em que usei o produto uma vez por dia. Já nas manchas mais escuras não consegui notar muita diferença não, viu… :(

Maaaas, com relação à minha cicatriz do antebraço, a bichinha desapareceu! :) Aí sim deu felicidade!

Não senti ardência, irritação da pele e não houve descamação enquanto usei o produto. Acredito que se a Spotner for usada duas vezes ao dia, pode mostrar efeitos ainda melhores no clareamento das áreas manchadas. Acho um produto super válido para você, que tem manchas pequenas, frutos de espinhas, ou até aquelas manchinhas senis que começam a aparecer no dorso das mãos com o passar dos anos.

Se quiser comprar, tem lá na Netfarma, viu?

Alguém aí já testou a Spotner?

Beijos!

* O item foi enviado pela Netfarma, mas a resenha é sincera, e reflete minhas reais impressões sobre o produto.

The following two tabs change content below.
Paulistana que mora na praia, mas foge do sol. Libriana, indecisa e que ama cachorros, pizza e livros, e é dona do Dias de Sol. Muito prazer!

Latest posts by Vivian (see all)

2 comente aqui
Posts Relacionados
Deixe seu Comentário


Dias de Sol no Youtube // Se inscreva!