Dias de Sol | Blog sobre beleza, proteção solar, livros e outras coisinhas do universo feminino.
☰ Menu

Dias de Sol - Blog sobre beleza, proteção solar, livros e outras coisinhas do universo feminino.

BC Bonacure Oil Miracle Rose Oil e Miracle Rose Oil Shampoo

Oi, people!

Testei bastante os produtos que recebi naquele evento da Schwarzkopf, e hoje quero contar minha opinião sobre dois deles: o BC Bonacure Oil Miracle Rose Oil Shampoo e o BC Bonacure Oil Miracle Rose Oil Óleo de Cuidados, indicados para o tratamento de cabelos sensíveis. Como os nomes dos produtos são gigantes, carinhosamente apenas iremos chamá-los por aqui de Óleo de Tratamento e Shampoo, tá bom? :D

schwarzkopf-roseoil

Lá no Jassa Cabeleireiros, no dia em que fizeram a demonstração dos produtos da Schwarzkopf em nossos cabelos, dois pontos principais me chamaram a atenção. Primeiro, a fragrância dos produtos da linha Rose Oil. Gente, na hora em que entramos no salão, o perfume podia ser sentido a metros e metros de distância. Só quem usou sabe do que estou falando! Os produtos combinam dois óleos aromáticos preciosos: Rosa Damascena e Rosa Selvagem. E, segundo: fiquei de boca aberta com o resultado final dos fios depois da aplicação de tantos produtos contendo óleo na formulação. Gente, aplicaram óleo diretamente no couro cabeludo. Depois, os cabelos foram lavados com shampoo à base de óleo. E a máscara de tratamento e o leave-in têm óleo também. Não vi a quantidade de produto que aplicaram em cada etapa, mas posso dizer que o couro cabeludo ficou confortável, nem seco nem oleoso, e os fios ficaram soltos, brilhantes e leves.

O Óleo de Cuidado pode ser usado de três maneiras diferentes: como pré-shampoo, diretamente no couro cabeludo, sendo aplicado com massagens cheias de chamego; depois da lavagem dos cabelos, com eles ainda úmidos, para que eles fiquem protegidos do calor do secador, e com os cabelos já secos, como finalizados, para dar brilho e movimento aos fios.

rose-oil-composição

Quando cheguei em casa, óbvio que quis testar o óleo do jeito mais “ousado” possível: aplicando direto no couro cabeludo. Meus fios são oleosos, e fiquei com bastante medo de construir uma petrolífera em cima da cabeça por causa do óleo adicional. Apliquei o equivalente a uma colher de chá de óleo, e massageei. O óleo, como eu já disse, tem um cheiro muito gostoso, e a experiência de massagear o couro e os fios com ele é bem agradável. Depois, lavei os fios com o shampoo, e apliquei um condicionador que eu já tinha aqui em casa. Não quis usar a máscara de tratamento da Schwarzkopf, da linha Fig Oil, para conseguir “medir” a oleosidade dos fios usando mais ou menos produtos com óleo na composição. Sequei os cabelos com secador, e o resultado foi legal. Cabelos soltinhos, hidratados e cheirosos.

rose-oil-textura

Experimentei também utilizar o óleo de cuidado após a lavagem, antes da secagem, e o resultado foi até melhor. Fios alinhados e com menos frizz. Lavo os cabelos diariamente, então não sei como seria a progressão do surgimento da oleosidade em decorrência do uso dos dois produtos.

O Shampoo da linha Rose Oil é transparente, faz uma espuma cremosa, e limpa os fios sem necessidade de se repetir a lavagem. Já usei o bonitinho sozinho e com os demais produtos da Schwarzkopf, e o cabelo fica ótimo de qualquer jeito, mas a melhor forma de usá-lo é em associação com o óleo de cuidado! :)

rose-oil-shampoo

Olha a textura dele aqui embaixo.

shampoo-rose-oil-textura

Em breve farei um outro post falando sobre os outros dois itens que recebi da Schwarzkopf. Testei os 4 juntos, e aí sim senti um aumento visível na oleosidade com o passar das horas, mas isso é assunto para um próximo texto.

Mas agora, quero saber: quem aí já testou esses produtos da linha Oil Miracle? Quem ficou com curiosidade de conhecê-los?

Super beijos!

2 comente aqui
Posts Relacionados

Como diminuir os riscos na hora de comprar pela internet?

Oi, gente!

Eu, definitivamente, sou fã de compras pela internet. Todas as vezes em que quero comprar algo, primeiro pesquiso o preço em lojas virtuais, para saber se compensa investir em lojas físicas. E, na maioria das vezes, o preço pela internet é imbatível.

Já comprei em várias lojas virtuais, nacionais e internacionais, e posso dizer que tenho certo know-how quando o assunto é tomar as devidas precauções antes de fazer uma compra pela internet. Além disso, trabalho no Poder Judiciário, e por lá aprendi algumas formas de evitar cair em uma cilada.

comprando-online

Porém, nem sempre tive tanta cautela, e no ano de 2013, caí em um golpe dado pela “empresa Orange Mix. Basicamente, a quadrilha criava lojas virtuais aparentemente confiáveis, com preços bastante convidativos. O primeiro passo era atuar normalmente, vendendo e entregando os produtos comprados pelos consumidores. Aí, depois que a empresa adquiria uma boa reputação, o golpe era dado. E quem gastou seu rico dinheiro comprando com eles, ficou a ver navios. Foi o que aconteceu comigo. :(

Hoje quero compartilhar com vocês algumas dicas simples que podem ajudá-los a ficar longe dos golpes virtuais.

Investigue

Para decidir se uma loja é digna de confiança ou não, nada melhor que conversar com outras pessoas que já compraram por lá. Uma breve pesquisa pelo Google já é meio caminho andado. Porém, as melhores maneiras são investigar o histórico da empresa junto ao Procon de seu estado (a consulta pode ser feita pela internet), e também no site Reclame Aqui.

Se quiser descobrir quem é o dono de um domínio, o modo mais rápido é utilizar essa ferramenta aqui. No “Whois” você descobre no nome de quem está registrado o site, e isso pode ser muito útil na hora de pesquisar sobre a reputação da empresa.

Uma outra forma muito boa de se obter informações a respeito da idoneidade de uma loja é conferir o registro dela na Junta Comercial do seu estado. Em São Paulo, por exemplo, pelo site da Jucesp, dá para se obter a ficha cadastral completa da empresa, com o número de CNPJ, endereço da sede, nome completo dos sócios e seu CPF.

Aí, com esses dados cadastrais, é que começa o trabalho de investigador. É bacana acessar o site do Poder Judiciário de seu estado, e verificar se há processos abertos contra a empresa e seus sócios. No estado de São Paulo, a pesquisa pode ser feita aqui. Se determinada empresa tiver processos abertos contra ela, isso já não cheira bem, então todo cuidado é pouco.

Não acredite em milagres

Quando estiver pesquisando por produtos na internet, desconfie de milagres. Preços muito abaixo da média, promoções extremamente convidativas, tome cuidado com esse tipo de coisa, pois o barato pode sair caro. Um bom desconto é uma coisa. Agora, um produto por um preço irrisório é algo que deve criar suspeitas.

Cuidado na hora de pagar

Todo mundo já está cansado de saber que é preciso ter cautela na hora de inserir informações pessoais e bancárias em sites na internet. É preciso ver se o site é seguro, se suas informações estão protegidas, enfim. Mas eu, medrosa que sou, sempre que possível dou preferência a não usar o número do meu cartão de crédito nos sites da vida. Uma boa maneira de comprar com mais segurança é usar o Paypal, que hoje em dia já é aceito em um montão de lojas. Ou então, se puder, pague com Pag Seguro ou boleto, se preferir. Deixe o cartão de crédito como última das opções.

Guarde as provas

Guarde a sete chaves o comprovante de pagamento da mercadoria, e todos os e-mails eventualmente trocados com a empresa. Se, por infelicidade, você cair em um golpe, eles te ajudarão a acionar o Procon e a justiça, se for o caso.

E vocês, pessoas, que dicas têm para compartilhar quando o assunto é comprar pela internet?

Beijos!

 

 

1 comente aqui
Posts Relacionados

30 coisas que aprendi antes dos 30 – Parte II

Oi, lindezas!

Como promessa é dívida, hoje vou compartilhar mais 10 coisas que aprendi antes dos 30. Se você ainda não viu o primeiro post da série, é só clicar aqui. A lista aqui debaixo é uma sequência do texto anterior, tá bem?

i-am-still-learning

via

11 – Guardar memórias é importante.

Meu pai sempre foi obcecado por fotografias. E quando eu era criança, achava isso muito doido. Meu pai tirava fotos de nossa família em todas as ocasiões possíveis e imagináveis, desde eventos comemorativos, até cenas banais. Hoje vejo o quanto isso é importante. Nossa memória nem sempre é digna de confiança, é mágico encontrar fotografias antigas de momentos que você sequer se lembra de ter vivido. Não sou uma acumuladora, e venho cada vez mais praticando o descarte. Mas aqui em casa há uma bolsa bem velhinha na qual guardo cartinhas, cartões e outras coisas da minha infância e adolescência. E, Deus, como é bom de vez em quando ir fuçar nessas memórias. Acredite em mim: é muito bom ter suas memórias materializadas.

12 – Deixe ir embora

Algumas vezes, nossa vida muda drasticamente. Relacionamentos se rompem, amizades vão por água abaixo, perdemos pessoas queridas. E na maioria das vezes nos recusamos a aceitar essas transformações. Aprendi que faz parte do fluxo da vida aprender a “deixar ir embora”: pessoas, coisas, situações. Se tiver que ir, deixe partir. Só assim você abrirá espaço para tudo o que há de novo e bom nesse mundo entrar na sua vida.

13- Se você acredita, insista.

No fundo do seu coração, há algo que você quer muito, há algo em que acredita, mas que tem medo de reconhecer a si mesmo, seja por achar que é uma ideia absurda, seja pela desmotivação que vem das pessoas ao seu redor. Se é importante para você, vá em frente. Insista. Mantenha o foco, até que todos se convençam de que você estava certo.

14 – Espalhe o amor.

Já percebeu como gentileza atrai gentileza? Às vezes coisas super simples, que estão ao nosso alcance, podem fazer uma diferença tremenda no dia de alguém. Uma palavra, um sorriso, um pequeno bilhete, uma ajuda inesperada. Faça tudo sem esperar nada em troca, e se transforme em um elo de uma corrente de amor. É lindo e o universo agradece e recompensa.

15- Fale menos. Ouça mais.

Essa eu demorei pra aprender. Mas, a duras penas, aprendi. Quanto mais você ouve, mais aprende, mais amadurece. Quanto menos você fala, mais você reflete, e aprende a se posicionar com sabedoria. Para mim, falar menos significa ter menos estress, e ter energia sobrando para gastar em outras tarefas como…pensar.

16 – Assuma as responsabilidades.

Você culpa o mundo por ser tão cruel com você? Culpa seus pais por você não ter nascido em berço de ouro? Culpa a Dilma por seu salário ser tão baixo? É hora de assumir as rédeas da sua vida, e encarar as responsabilidades por tudo o que te acontece. Cada vez mais acredito que tudo o que nos cerca foi atraído por nós. E isso nos liberta. Ora, se sou eu quem crio meu futuro, então bora construir uma coisinha melhor pra mim, né não?

17 – Tenha coragem.

Com covardia ou com coragem, teremos que passar por certas coisas: desde uma cirurgia, até uma mudança radical na vida. Aprendi que com coragem o caminho fica mais fácil, e no final eu acabo tendo um orgulho danado de mim mesma.

18 – Se aceite.

Acho que todos viemos ao mundo para evoluir. Porém, temos nossas peculiaridades e limitações. É mais que recomendado tentar se superar e se aprimorar. Porém, aceite seus defeitos. Seus enganos. Seus limites. E se ame ainda assim. É se aceitando do jeitinho que você é, que você aprende a se tornar uma pessoa melhor, por dentro e por fora.

19 – Tenha planos e sonhos. E a cada dia, realize um pouquinho de cada um deles.

Acredito que uma das coisas que nos diferencia dos outros animais é a capacidade de planejar e de sonhar. Porém, eu não serei tão diferente dos meus dogs se não agir de forma racional e consciente para colocar meus planos para além da minha mente. Sonhar sem ação é o mesmo que nada. Portanto, todos os dias, antes de dormir, me pergunto: o que fiz hoje para seguir em direção aos meus planos? E quais serão minhas providências de amanhã?

20 – Não perca tempo e nem oportunidades.

O tempo não volta, e as oportunidades não ficam à sua espera. Portanto, seja quais forem seus objetivos, comece hoje. Não se lamente por não ter começado mais cedo, e nem pense em deixar as coisas para amanhã. O dia de hoje é o que você tem. E é nele que você deve focar seus esforços. Mantenha as “antenas” sintonizadas nas oportunidades que a vida lhe oferece, e que às vezes vêm ocultas demais. Mantenha os olhos abertos para enxergar os sinais.

Na semana que vem, trarei a última parte dessa série! Estou gostando muito de dividir com vocês algumas das coisas que aprendi nessa minha breve longa vida.

Um beijo!

1 comente aqui
Posts Relacionados

Página 22 de 168« Primeira...10...2021222324...304050...Última »

Dias de Sol no Youtube // Se inscreva!