Dias de Sol | Blog sobre beleza, proteção solar, livros e outras coisinhas do universo feminino.
☰ Menu

Dias de Sol - Blog sobre beleza, proteção solar, livros e outras coisinhas do universo feminino.

Protetor Solar SunMax Sensitive

Oi, pessoal!

Junto com aquelas ampolas da Pantene que eu resenhei aqui, a Netfarma me enviou para testar o Protetor Solar SunMax Sensitive, com PFS 30.

protetor-solar-sun-max-sensitive

Experimentei por alguns dias, e descobri duas coisas importantes:

  •  ainda que o protetor solar tenha altíssima proteção, se ele não “grudar” com força no seu rosto, de nada vai adiantar, e já já explico por quê;
  •  vai ser difícil encontrar no universo um protetor solar tão seco e que grude tanto na pele como o Bioré.

Bom, primeiro vamos à parte técnica da coisa.

O que diz o fabricante

protetor-solar-sun-max

SUNMAX Sensitive com a tecnologia SOLhydra oferece alta proteção solar diária para as necessidades específicas da sua pele. Contém filtros UV de amplo espectro que ajudam a proteger a sua pele dos danos causados por raios UVA e UVB que causam queimaduras solares. Ajuda a prevenir o aparecimento de sinais de fotoenvelhecimento precoce da pele. Ajuda a hidratar e proteger a pele e prevenir seu ressecamento. Contém Vitamina E, ingrediente reconhecido por ter propriedades antioxidantes. 

Segundo o laboratório Stiefel, fabricante do SunMax, o produto não causa espinhas, é hipoalergênico, sem fragrância, parabenos e corantes. É resistente à água. Tem FPS 30 proteção UVA 13.

O que eu achei

Antes de mais nada, é importante dizer que minhas experiências com protetor solar podem ser divididas em 3 etapas:

1º – Antes de ser agraciada com o melasma, eu mal usava protetor solar. Detestava (e destesto!) aqueles protetores solares convencionais com “cheiro de praia”, e procurava usar filtro solar apenas quando ia à praia. O protetor poderia ter qualquer textura, poderia até ser grudento e oleoso, contanto que não tivesse aquele cheiro abominável.

2º Quando o melasma surgiu, os dermatologistas me apresentaram ao maravilhoso mundo dos protetores solares faciais para pele oleosa. Eles não tinham cheiro de praia, eram mais sequinhos que os protetores solares corporais e não deixavam meu rosto gorduroso, embora derretessem no rosto caso eu transpirasse.

3º Depois de muito tempo procurando um protetor solar perfeito, encontrei os protetores solares asiáticos, em especial o Bioré Perfect Face Milk. Eles têm altíssima proteção contra a radiação UVA/UVB, são extremamente secos, resistem ao suor com eficiência e grudam na pele como cola.

Pois bem. Desde que o melasma surgiu, procurei sempre usar no rosto protetores solares com FPS superior a 50, e com proteção UVA compativelmente mais alta que à oferecida pelo SunMax. Então, para não correr nenhum risco de as manchas escurecerem, procurei fazer os testes com o produto somente em casa.

O SunMax é um protetor solar que eu acharia fantástico caso ainda estivesse na “etapa 2”. Não tem cheiro algum, o que para mim é um ponto altamente positivo, e não deixa o rosto esbranquiçado. Ele tem textura de um gel-creme, e não foi rapidamente absorvido pela minha pele.

sensitive-sunmax

Senti dificuldade em aplicar no rosto a quantidade necessária para garantir a proteção prometida pelo fabricante. A pele não “chupou” o SunMax Sensitive com eficiência, e foi difícil de espalhá-lo sem deixar o rosto com acabamento grosseiro.

Para ficar com uma aparência aceitável, acabei tendo que usar menos produto no rosto, e ainda assim a pele ficou brilhante e um pouco pegajosa.

Lembram que no começo do post falei que não adianta nada um filtro solar ter alta proteção UVA/UVB se ele não adere bem ao rosto? O SunMax é aquele tipo de protetor solar que transfere bastante. Em um dos dias em que testei o produto o clima estava muito quente, e a transpiração do meu rosto fez com que o protetor solar fosse derretendo depressinha. Isso é bem complicado para quem precisa de um produto que proteja a pele com confiança, principalmente no verão, quando o calor faz a dignidade e o suor escorrerem rosto abaixo.

Se você não tem manchas, não precisa de um protetor solar com FPS superior a 30 e nem PPA superior a 13, tem a pele do rosto beeem seca ou simplesmente gosta de produtos que deixem a pele com um aspecto mais brilhante e úmido, o SunMax Sensitive FPS 30 é pra você.

Mas o meu vou doar para a minha mãe, pois no meu rosto não deu certo! :/

Alguém aí já experimentou algum outro protetor solar SunMax? Sabe dizer se são melhores que o Sensitive?

Beijos!

 

 

 

8 comente aqui
Posts Relacionados

Meus 5 produtos rosa favoritos

Outubro está quase no fim, mas ainda dá tempo de fazer um texto relacionado ao movimento Outubro Rosa! Esse mês tivemos um post super especial aqui no blog, no qual a Fátima, uma amiga minha que já teve câncer de mama, contou como foi receber o diagnóstico da doença, explicou como aconteceu o tratamento e falou um tiquinho sobre os aspectos psicológicos que estão por trás do câncer. Se você ainda não viu o texto e nem assistiu ao vídeo, clique aqui.

Hoje, o assunto é mais leve, e quero compartilhar com vocês meus 5 produtos rosa favoritos do momento!

produtos-rosa

Alguns vocês já viram aqui pelo blog, mas vamos ver cada um mais de pertinho!

Nina L’Eau, Nina Ricci – O cheiro da riqueza

nina-ricci

É um dos meus perfumes favoritos, e é o tipo de fragrância que levanta meu astral, sabe? É romântico, fresquinho e chique. Adoro! Alguém aí já testou?

Higienizador de Pincéis – Dailus Pro

higienizador-pinceis-dailus

Recebi esse produto da Dailus lá na Beauty Fair, e comecei a testar há poucas semanas. Não uso muitos pincéis no meu dia-a-dia, pois não faço maquiagens mega elaboradas, e as que faço me saio bem na maioria das vezes usando os dedos mesmo…rsrs… Mas como ultimamente venho gostando bastante de usar batom matte, e o melhor jeitinho de aplicá-los com perfeição é com o pincel, então o higienizador da Dailus tem se mostrado útil. Ele remove o acúmulo de maquiagem no pincel sem danificar as cerdas.

Cherries In the Snow – Revlon

esmalte-revlon

 

Recebi essa coisa linda da Revlon e mostrei lá no Instagram (me segue lá!  @_vivianfernandes_). Atualmente, é um dos meus esmaltes favoritos. É um rosa escuro chique, lindo, feminino. Amo muito! Ótima cobertura, brilho impecável e boa durabilidade nas unhas!

BC Bonacure Miracle Rose Oil Shampoo – Schawarzkopf

bonacure-schawarzkopf

Esse shampoo é aquele que você guarda para usar em ocasiões especiais. ahahaha… Recebi essa delícia lá naquele evento no Jassa, lembram? Ele é um produto muito cheiroso, e lava o cabelo com delicadeza, deixando os fios maravilhosos. Quando usado com o óleo de tratamento, o resultado é ainda melhor!

Body Secret Pure Seduction

body-secret-bien-cosmetic

Recebi esse hidratante da Netfarma lá na Beauty Fair, e quando abri o pote, me apaixonei pelo perfume desse creme! Ele tem cheiro de morango, e é bastante consistente, ideal para as áreas mais ressecadas do corpo! Nunca havia testado nada da Bien Cosméticos, mas pelo menos usando esse produto como parâmetro, acho que ela não deixa a desejar quando comparada a marcas mais famosas! :)

pure-seduction-bien-cosméticos

Olha que delícia, dá vontade de comer! rsrs

Quais são seus produtos favoritos do momento? Já testaram algum desses produtos que selecionei?

Beijos!

3 comente aqui
Posts Relacionados

Manual de sobrevivência para mãos-de-vaca: Parte III

Os posts do “Manual de sobrevivência para mãos-de-vaca” (já leu a parte I e a parte II?) são alguns dos que fazem mais sucesso aqui no blog, e isso me deixa bem feliz! Percebo que as pessoas estão cada vez mais tentando gastar o próprio dinheiro de maneira mais consciente, e se libertando aos poucos daquele desejo consumista desenfreado.

mão-de-vaca

Hoje o assunto é beleza X mão-de-vaquice. Falei brevemente sobre esse assunto aqui, mas hoje quero ir além. Vamos conversar sobre como cuidar da beleza de modo racional, sem gastar tubos de dinheiro. E vamos desmistificar algumas coisas, que provavelmente têm feito você fazer papel de boba. Vem comigo.

Geralmente você não paga pelo produto em si. Você paga pela marca.

Você já deve ter notado que, seja qual for o produto, há zilhões de opções disponíveis no mercado. Mil tipos de hidratante, setecentas espécies de shampoo. Quilos e mais quilos de tipos de maquiagem. E cada marca promete seus próprios milagres.

Já parou para pensar que determinadas escolhas de consumo são feitas não por causa da eficiência do produto, mas pelo peso que certas marcas carregam?

Não vou citar marca alguma nesse post, mas, por exemplo, se eu postar aqui no blog uma resenha de determinado hidratante que eu adoro, compro na farmácia e custa menos de R$ 15,00, muita gente nem vai se dar ao trabalho de ler o texto, vai torcer o nariz, vai desconfiar da qualidade do produto e vai me chamar de #pobre. Porém, se eu publicar uma resenha de um “maravilhoso” hidratante que todas as top bloggers alegam usar, e que custa pelo menos metade de um salário mínimo, todo mundo vai colocar o nome do produto na wish list, e com certeza já vai achar que o produto é ótimo. Afinal, ele custa caro.

Primeira coisa para repetir como um mantra: preço não é sinônimo de qualidade. Quando compra um produto, você paga pela qualidade dele, sim, mas também pelo status da marca, pela frescurite da embalagem, pelos custos com publicidade. Portanto, há muitos produtos baratinhos que dão um baile em itens caríssimos. #ficadica

Acumule o mínimo que puder: só compre outro se o anterior tiver acabado.

Eu sei que a tentação é grande, mas quando o assunto é produto de beleza, procure acumular o mínimo possível. Eu sei que você quer ter à disposição 5 tipos de shampoo, 4 potes de cremes para o corpo diferentes, 9348135 tons de batom vermelho, afinal, cada marca promete algo novo, e você PRECISA daquele lançamento que viu na internet. Mas, sério: quanto tempo durou a satisfação que você sentiu quando fez a sua última compra de beleza? Pouco, né? Eu tenho bastante coisa aqui em casa por conta de tudo o que recebo de assessorias para testar, mas, sério: mulher NENHUMA precisa de verdade de tanto cosmético, de tanta maquiagem. Produtos em excesso te fazem gastar dinheiro demais, ocupam muito espaço, geram bagunça e o que geralmente acontece é que eles perdem a validade antes que você tenha tido tempo de usá-los até o fim. Ou seja, dinheiro jogado fora.

Aprenda a cuidar de você em casa.

Vou contar um segredo: nunca fui à manicure, acreditam? Minha mãe sempre fez as unhas em casa, e desde pequena aprendi a fazer as minhas unhas eu mesma. Um dia vou fazer as unhas no salão só para ver como é, mas não sinto falta! :)

Também sei fazer limpeza de pele em mim mesma, sei hidratar minha cabeleira, faço minha sobrancelha e também depilação no meu corpo inteiro. Ah, e quando me dá os 5 minutos, corto minha franja sozinha!rsrs

Óbvio que é uma delícia marcar horário no cabeleireiro de vez em quando e sair de lá se sentindo rica. Porém, gente, na vida real, nem sempre dá para gastar dinheiro com essas coisas. Então, nada melhor do que saber se virar, para continuar se sentindo bem com a própria aparência. Na internet dá para aprender de um tudo, então bora aprender a cuidar de si mesma, pois isso irá proporcionar uma mega economia no fim do mês.

Pesquise antes de comprar. E, se possível, teste.

Pesquisar preços antes de comprar é o essencial na hora de gastar dinheiro com qualquer coisa. Porém, mais importante que isso, antes de escolher investir em um produto, leia sobre ele, procure resenhas, opiniões, tenha a certeza de que seja compatível com sua pele. Sabe quando você compra um produto por indicação de alguém, e simplesmente detesta? Aí, o danado fica encalhado na sua casa, até que você resolve doá-lo a alguém? Pois é. A melhor forma de evitar esse tipo de coisa é comprar o item tendo quase certeza absoluta de que você irá realmente usá-lo. Muitas marcas fornecem amostras grátis de cosméticos e maquiagens, e isso faz com que você faça uma compra mais certeira.

Não compre por impulso.

Aprendi uma estratégia valiosa. Quando encontro algo que “quero muuito comprar”, mas que tem grandes chances de ser algo supérfluo, faço o seguinte: se estou na internet, salvo o link do produto, e saio de perto do computador. Vou dar uma volta, ler um livro, enfim, esqueço do produto por alguns minutos. Aí, quando volto para a frente do computador, raciocino se realmente quero aquilo da mesma forma que eu queria da primeira vez em que vi a coisa. Geralmente a resposta é não (pois tive tempo para perceber o quanto aquilo é desnecessário para mim, naquele momento). Faço mais ou menos a mesma coisa quando vou em lojas físicas. Me afasto do item por um tempinho, e quando volto, o desejo incontrolável de comprar diminuiu. Não sei se isso funcionará com vocês, mas tem me ajudado muito a não comprar coisas por impulso.

Não sou santa! Mesmo me controlando muuuito, há dias em que piso na jaca e trago para casa algo de que não precisava. Acontece comigo, e vai acontecer com você.

Mas, que tal aprender a se controlar? Se habitue a registrar seu gastos em um caderninho, planilha, ou onde você preferir. Acompanhe sua evolução na arte de economizar, e perceba que quanto menos você compra, menos necessidade você tem de comprar.

Agora me fale: como você faz para economizar quando o assunto é beleza?

Beijo!

10 comente aqui
Posts Relacionados

Página 11 de 168« Primeira...910111213...203040...Última »

Dias de Sol no Youtube // Se inscreva!