Dias de Sol | Blog sobre beleza, proteção solar, livros e outras coisinhas do universo feminino.
☰ Menu

Dias de Sol - Blog sobre beleza, proteção solar, livros e outras coisinhas do universo feminino.

A Passagem, de Justin Cronin

Uma experiência militar fracassada. Um mundo apocalíptico. Uma pequena garotinha à mercê da própria sorte. Uma população transformada em vampiros. É este o pano de fundo de A Passagem, de Justin Cronin.

A-Passagem

Na primeira parte do livro, somos apresentados a um experimento científico. O exército americano desenvolve um projeto cujo objetivo é criar um vírus capaz de transformar os homens em seres super resistentes, capazes de ganhar qualquer guerra. São “recrutadas” 12 cobaias, condenados à pena de morte, que já estavam com seus dias contados.

Mas antes disso, A Passagem nos apresenta à Amy, uma menininha de 6 anos de idade que vai ser peça chave ao longo de toda a história. Amy é filha de um cafajeste com uma jovem que não deu certo na vida. A jovem fica órfã, perde o dinheiro, a casa, fica sem o pai de sua filha e cai no mundo da prostituição. Em um dado momento do livro a mãe é obrigada a se afastar de Amy, e é nesse ponto que ela se torna personagem fundamental na experiência militar.

A-passagem-justin-cronin

O agente Wolgast recebe a missão de levar Amy ao centro de experimentos, para que ela se torna mais uma das cobaias a receber a dose do vírus. Wolgast, o personagem mais bem construído (em minha humilde opinião), é um homem machucado pela vida, e irá estabelecer um laço muito profundo com Amy.

Como já é de se prever, a experiência militar dá muito errado, e o apocalipse começa.

A segunda parte do livro vai mostrar os Estados Unidos após quase 100 anos. Os vampiros tomam conta do território, e em pequenas colônias grupos de humanos tentam sobreviver. E o foco vai voltar-se a uma dessas colônias. Não há meios de comunicação, então não se sabe se há outras colônias com sobreviventes por aí. A vida nesse local só é possível pois muros enormes protegem o ambiente contra invasões vampiras. E, acima de tudo, os humanos contam com luzes artificiais, que mantêm os vampiros distantes. Porém, essas luzes ameaçam se apagar, e será preciso sair da zona de conforto…

A-passagem-sextante

A Passagem é um livro de 2010. A obra foi publicada no Brasil pela Editora Sextante. São 815 páginas que provavelmente poderão assustar alguns leitores. Mas não tenha medo da grossura do volume: a história é tão boa que você terminará a leitura em um piscar de olhos! ;)

Comprei o livro em um sebo, há uns bons meses. Ou seja, isso justifica o estado da capa nas fotos. Mas, afinal, livro bom é livro gasto de tanto ler, né?

Quem aí já leu A Passagem? Quero saber qual a opinião de vocês!

Beijos!

 

4 comente aqui
Posts Relacionados

Protetor Solar SunMax Sensitive

Oi, pessoal!

Junto com aquelas ampolas da Pantene que eu resenhei aqui, a Netfarma me enviou para testar o Protetor Solar SunMax Sensitive, com PFS 30.

protetor-solar-sun-max-sensitive

Experimentei por alguns dias, e descobri duas coisas importantes:

  •  ainda que o protetor solar tenha altíssima proteção, se ele não “grudar” com força no seu rosto, de nada vai adiantar, e já já explico por quê;
  •  vai ser difícil encontrar no universo um protetor solar tão seco e que grude tanto na pele como o Bioré.

Bom, primeiro vamos à parte técnica da coisa.

O que diz o fabricante

protetor-solar-sun-max

SUNMAX Sensitive com a tecnologia SOLhydra oferece alta proteção solar diária para as necessidades específicas da sua pele. Contém filtros UV de amplo espectro que ajudam a proteger a sua pele dos danos causados por raios UVA e UVB que causam queimaduras solares. Ajuda a prevenir o aparecimento de sinais de fotoenvelhecimento precoce da pele. Ajuda a hidratar e proteger a pele e prevenir seu ressecamento. Contém Vitamina E, ingrediente reconhecido por ter propriedades antioxidantes. 

Segundo o laboratório Stiefel, fabricante do SunMax, o produto não causa espinhas, é hipoalergênico, sem fragrância, parabenos e corantes. É resistente à água. Tem FPS 30 proteção UVA 13.

O que eu achei

Antes de mais nada, é importante dizer que minhas experiências com protetor solar podem ser divididas em 3 etapas:

1º – Antes de ser agraciada com o melasma, eu mal usava protetor solar. Detestava (e destesto!) aqueles protetores solares convencionais com “cheiro de praia”, e procurava usar filtro solar apenas quando ia à praia. O protetor poderia ter qualquer textura, poderia até ser grudento e oleoso, contanto que não tivesse aquele cheiro abominável.

2º Quando o melasma surgiu, os dermatologistas me apresentaram ao maravilhoso mundo dos protetores solares faciais para pele oleosa. Eles não tinham cheiro de praia, eram mais sequinhos que os protetores solares corporais e não deixavam meu rosto gorduroso, embora derretessem no rosto caso eu transpirasse.

3º Depois de muito tempo procurando um protetor solar perfeito, encontrei os protetores solares asiáticos, em especial o Bioré Perfect Face Milk. Eles têm altíssima proteção contra a radiação UVA/UVB, são extremamente secos, resistem ao suor com eficiência e grudam na pele como cola.

Pois bem. Desde que o melasma surgiu, procurei sempre usar no rosto protetores solares com FPS superior a 50, e com proteção UVA compativelmente mais alta que à oferecida pelo SunMax. Então, para não correr nenhum risco de as manchas escurecerem, procurei fazer os testes com o produto somente em casa.

O SunMax é um protetor solar que eu acharia fantástico caso ainda estivesse na “etapa 2”. Não tem cheiro algum, o que para mim é um ponto altamente positivo, e não deixa o rosto esbranquiçado. Ele tem textura de um gel-creme, e não foi rapidamente absorvido pela minha pele.

sensitive-sunmax

Senti dificuldade em aplicar no rosto a quantidade necessária para garantir a proteção prometida pelo fabricante. A pele não “chupou” o SunMax Sensitive com eficiência, e foi difícil de espalhá-lo sem deixar o rosto com acabamento grosseiro.

Para ficar com uma aparência aceitável, acabei tendo que usar menos produto no rosto, e ainda assim a pele ficou brilhante e um pouco pegajosa.

Lembram que no começo do post falei que não adianta nada um filtro solar ter alta proteção UVA/UVB se ele não adere bem ao rosto? O SunMax é aquele tipo de protetor solar que transfere bastante. Em um dos dias em que testei o produto o clima estava muito quente, e a transpiração do meu rosto fez com que o protetor solar fosse derretendo depressinha. Isso é bem complicado para quem precisa de um produto que proteja a pele com confiança, principalmente no verão, quando o calor faz a dignidade e o suor escorrerem rosto abaixo.

Se você não tem manchas, não precisa de um protetor solar com FPS superior a 30 e nem PPA superior a 13, tem a pele do rosto beeem seca ou simplesmente gosta de produtos que deixem a pele com um aspecto mais brilhante e úmido, o SunMax Sensitive FPS 30 é pra você.

Mas o meu vou doar para a minha mãe, pois no meu rosto não deu certo! :/

Alguém aí já experimentou algum outro protetor solar SunMax? Sabe dizer se são melhores que o Sensitive?

Beijos!

 

 

 

8 comente aqui
Posts Relacionados

Meus 5 produtos rosa favoritos

Outubro está quase no fim, mas ainda dá tempo de fazer um texto relacionado ao movimento Outubro Rosa! Esse mês tivemos um post super especial aqui no blog, no qual a Fátima, uma amiga minha que já teve câncer de mama, contou como foi receber o diagnóstico da doença, explicou como aconteceu o tratamento e falou um tiquinho sobre os aspectos psicológicos que estão por trás do câncer. Se você ainda não viu o texto e nem assistiu ao vídeo, clique aqui.

Hoje, o assunto é mais leve, e quero compartilhar com vocês meus 5 produtos rosa favoritos do momento!

produtos-rosa

Alguns vocês já viram aqui pelo blog, mas vamos ver cada um mais de pertinho!

Nina L’Eau, Nina Ricci – O cheiro da riqueza

nina-ricci

É um dos meus perfumes favoritos, e é o tipo de fragrância que levanta meu astral, sabe? É romântico, fresquinho e chique. Adoro! Alguém aí já testou?

Higienizador de Pincéis – Dailus Pro

higienizador-pinceis-dailus

Recebi esse produto da Dailus lá na Beauty Fair, e comecei a testar há poucas semanas. Não uso muitos pincéis no meu dia-a-dia, pois não faço maquiagens mega elaboradas, e as que faço me saio bem na maioria das vezes usando os dedos mesmo…rsrs… Mas como ultimamente venho gostando bastante de usar batom matte, e o melhor jeitinho de aplicá-los com perfeição é com o pincel, então o higienizador da Dailus tem se mostrado útil. Ele remove o acúmulo de maquiagem no pincel sem danificar as cerdas.

Cherries In the Snow – Revlon

esmalte-revlon

 

Recebi essa coisa linda da Revlon e mostrei lá no Instagram (me segue lá!  @_vivianfernandes_). Atualmente, é um dos meus esmaltes favoritos. É um rosa escuro chique, lindo, feminino. Amo muito! Ótima cobertura, brilho impecável e boa durabilidade nas unhas!

BC Bonacure Miracle Rose Oil Shampoo – Schawarzkopf

bonacure-schawarzkopf

Esse shampoo é aquele que você guarda para usar em ocasiões especiais. ahahaha… Recebi essa delícia lá naquele evento no Jassa, lembram? Ele é um produto muito cheiroso, e lava o cabelo com delicadeza, deixando os fios maravilhosos. Quando usado com o óleo de tratamento, o resultado é ainda melhor!

Body Secret Pure Seduction

body-secret-bien-cosmetic

Recebi esse hidratante da Netfarma lá na Beauty Fair, e quando abri o pote, me apaixonei pelo perfume desse creme! Ele tem cheiro de morango, e é bastante consistente, ideal para as áreas mais ressecadas do corpo! Nunca havia testado nada da Bien Cosméticos, mas pelo menos usando esse produto como parâmetro, acho que ela não deixa a desejar quando comparada a marcas mais famosas! :)

pure-seduction-bien-cosméticos

Olha que delícia, dá vontade de comer! rsrs

Quais são seus produtos favoritos do momento? Já testaram algum desses produtos que selecionei?

Beijos!

3 comente aqui
Posts Relacionados

Página 10 de 167« Primeira...89101112...203040...Última »

Dias de Sol no Youtube // Se inscreva!