Florais de Bach podem ajudar a equilibrar o medo da violência urbana
☰ Menu

Dias de Sol - Blog sobre beleza, proteção solar, livros e outras coisinhas do universo feminino.

  • Florais de Bach podem ajudar a equilibrar o medo da violência urbana

Florais de Bach podem ajudar a equilibrar o medo da violência urbana

Olá, gente!
Já deu pra perceber que sou bem fã de terapias florais, né? Já falei sobre isso aqui e aqui. Acredito muito no poder que essas gotinhas têm quando o assunto é equilibrar e ajustar as emoções e sentimentos.
Acho que nunca comentei aqui no blog, mas já fui vítima de assalto por três vezes, e fiquei profundamente abalada por conta desses episódios. Tive muita dificuldade de sair de casa em paz depois das três ocorrências, e até hoje posso dizer que não consigo andar pela rua numa boa… :(
medo-violência-florais
 via
O texto abaixo foi sugestão de uma assessoria de imprensa, não é um publieditorial, mas achei muito bacana e útil compartilhar com vocês. Muita gente, como seu, já sofreu ou sofre com o medo de andar pelas ruas, e toda forma de ajuda é bem-vinda, afinal, nessas horas, tudo o que queremos é amenizar nosso trauma.
Confiram o texto:
Quem já passou por uma situação de violência urbana nunca mais se esquecerá do episódio. Um assalto, arrastão, violência física ou outra forma de ataque deixam marcas profundas em quem os sofreu e nem todas as pessoas conseguem superar o fato. “Em geral, a intensidade da violência sofrida e a situação psicológica do agredido naquele momento são fatores que determinam o tempo que se leva para voltar às atividades normais. Quanto ‘menos grave’ for a forma de violência, mas rápido se volta às atividades cotidianas. Mas, muitas pessoas ficam abaladas e precisam de ajuda”, explica a terapeuta floral Maria Aparecida das Neves.
Mesmo quem não passou por um ato violento pode sentir medo. “Há pessoas que vivem em grandes cidades e cerceiam seus movimentos pelo medo da violência. Assim, elas não saem à noite, não passam por determinados lugares, tomam precauções para evitar ataques e orientam todos ao seu redor para que façam o mesmo. Todos esses hábitos são saudáveis e aconselháveis, mas desde que eles não as impeçam de trabalhar, se divertir ou viver normalmente. Porém, quando o medo da violência limita, surge um problema”, adverte a terapeuta floral.
Os Florais de Bach originais podem ajudar as pessoas que sofrem com medo da violência, tanto por já terem passado por ela quanto por presenciarem histórias que ocorrem na cidade. “Os florais tratam os sentimentos, equilibrando-os. Não são indicados para doenças, mas para os sentimentos que levam a elas. Assim, se a pessoa sente um medo muito grande, pode desenvolver a Síndrome do Pânico. É preciso tratar as causas desse medo para, consequentemente, tratar a síndrome”, ensina Maria Aparecida, uma das mais graduadas brasileiras a trabalhar com os Florais de Bach originais.
Tanto adultos quanto crianças podem beneficiar-se dos Florais de Bach para tratar o medo da violência. Maria Aparecida das Neves explica como:
 – Quando ocorre um ato de violência – Quem passa por um momento violento precisa do Rescue Remedy. Trata-se de uma combinação de cinco florais que é conhecida como a ‘essência do resgate’. Reúne cinco essências: o Rock Rose, que traz a coragem para enfrentar os momentos difíceis da vida; o Impatiens, que dá paciência e calma para relaxar até chegar o socorro; Cherry Plum, que ajuda a ter lucidez nos momentos difíceis; Star of Bethelem, que ameniza o choque o trauma físico ou emocional, e o Clematis, que deixa a pessoa ‘presente’ para ajudar na recuperação.
Segundo Maria Aparecida, o Rescue Remedy é indicado em situações de estresse, sofrimentos emergenciais, antecipatórios ou em casos de sofrimento crônico. “Quem foi assaltado, sofreu ou presenciou um acidente ou recebeu uma má notícia pode e deve usar o Rescue Remedy para obter o suporte necessário para agir e enfrentar a emergência que se apresenta. Ele traz harmonia e consolo para que a pessoa reaja e se recupere quando se vê diante de situações que a afetam profundamente”.
– Quando a pessoa sente medo da violência urbana – Quem não passou recentemente por um ato violento, mas sente medo, pode beneficiar-se usando o Mimulus.  “O efeito positivo deste floral é a capacidade de despertar coragem interior. É indicado para quem tem medo de coisas cotidianas e ‘conhecidas’ – doenças, escuro, ficar sozinho, algum tipo de animal, a violência etc.”.
 – Quando o medo é tanto que paralisa e impede que a vida continue – O medo paralisante pode ser contornado usando-se o Rock Rose. “Este floral é ideal para quem sente tanto medo de algo ou alguma coisa que fica em pânico ou aterrorizado. Este sentimento pode ser até mesmo consequência de um pesadelo. A pessoa sente-se impotente, paralisada. O floral traz a quem o toma confiança, coragem e calma. Esse floral também é indicado para crianças que têm pesadelos e terrores noturnos”.
 – Quando você tem medo de que algo ruim aconteça com quem você ama – Há pessoas que temem que a violência atinja seus entes queridos. Para elas, o indicado é o
Red Chestnut. É indicado para as mães que se preocupam excessivamente com os filhos, por exemplo, e possibilita, ainda, cultivar e irradiar pensamentos de saúde e coragem”.
 
Maria Aparecida das Neves diz que, com o medo, não se brinca. “É importante detectar corretamente a causa do medo e a forma de vencê-lo. Por isso, é necessário consultar um terapeuta floral, de maneira que ele indique o floral correto para que você trate do seu medo de maneira natural e sem contraindicações”, complementa.
Os Florais de Bach são essências extraídas de plantas e flores. São totalmente naturais, podem ser tomadas por pessoas de todas as idades e não possuem contraindicação. A chave para receitar o floral é justamente reconhecer como a pessoa está se sentindo e verificar qual essência corresponde com o estado de espírito detectado por Edward Bach ao criar o sistema. “Aconselho a todas as famílias que descubram o que são os Florais de Bach e façam o uso destas gotinhas para se harmonizar e vencer as pressões do dia-a-dia”, finaliza Maria Aparecida.
E vocês, já foram vítimas de violência urbana? Já fizeram uso dos Florais de Bach?
Um beijo!
The following two tabs change content below.
Paulistana que mora na praia, mas foge do sol. Libriana, indecisa e que ama cachorros, pizza e livros, e é dona do Dias de Sol. Muito prazer!

Latest posts by Vivian (see all)

0 comente aqui
Posts Relacionados
Deixe seu Comentário


Dias de Sol no Youtube // Se inscreva!